quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

ESCREVEMOS SOBRE O QUÊ, FARRUSCO?

Sei lá, andas meio triste, amigos que perdeste, coisas que comigo passaste...
mas és tu o homem, se bem que sofro mais que tu, ou talvez não, pois tu escondes  coisas que me não contas, ao contrário de mim que sabes toda a minha vida e a narras por aqui, venturas e desventuras que um qualquer as pode ler, chorar ou rir. Mas final quem és tu?

"Porventura tens razão, por coisas que aqui vistes, mais alegres e mais tristes e eu armado em mentor para esconder a dor que tu carregavas demais, basta olhar para trás e ver  que tens passado e eu aos poucos partilhado nesta nossa aventura, amigo.
Este ano vamos celebrar outra vez o Natal juntos, Farrusco?
"Não me ofendas, claro que sim!".

3 comentários:

  1. Farrusco um amigão de todas as horas!! Estará sempre junto ,mesmo no coração! abraços,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu em "pulgas" para o rever...
      Grande abraço, Chica.

      Eliminar
  2. Vês Farrusco, bem que te avisei que devíamos ser mais humanos no modo de escrever, achas que ainda interessa a alguém, fábulas?!
    Somente a poucos e raros como se percebe, outros partiram como o Pedro...
    Paramos ou no desafio vamos começar o Nascer?
    Não rosnes os teus medos e os meus, mas iremos até onde formos capazes, nem que fique noites em claro para escrever o que sinto, vivi e padeci mas, vamos escrever o livro das nossas memórias!
    E tu sombra dos meus dias, apenas te peço tino...

    ResponderEliminar